A Polícia Civil, através da 19ª Coorpin, com sede em Senhor do Bonfim, e Delegacia Territorial de Ponto Novo, identificou o autor de um áudio que circulou nas redes sociais, principalmente pelo WhatsApp, com ameaças contra professores, alunos e funcionários da Escola Municipal Anália Moura, daquela cidade.

O suspeito é um adolescente de 17 anos de idade que fez circular, segundo a polícia, um áudio com as seguintes ameaças: “todos vão conhecer o capeta de perto, vão conhecer o capeta no colo que vai chegar na escola Anália Moura botando para…”, citando um palavrão. E continua afirmando: “primeiro vai pegar o porteiro, depois, o pessoal da secretaria e em seguida todas as salas”.

De acordo com a Polícia Civil, a conduta do adolescente constitui ato infracional análogo ao crime de ameaça, atentado contra a segurança de serviço de utilidade pública e apologia de crime, penas que, somadas, chegam a seis anos de prisão.

Ainda segundo a polícia, foi confeccionado o Boletim de Ocorrência Circunstanciado – BOC, e realizada a apreensão do celular utilizado no ato infracional pelo menor. A Polícia Civil informou ainda que ele responderá por seu ato e está sujeito, inclusive, a internação com medida privativa de liberdade até completar 21 anos de idade. O menor será encaminhado ao Ministério Público.

Fonte: Blog do Eloilton Cajuhy